Como denunciar trabalho escravo

Dia 28 de janeiro é o dia Nacional de combate ao Trabalho escravo.

No ano de 2015  mais de mil pessoas foram resgatadas, tiradas, libertadas do trabalho escravo no Brasil.

O trabalho escravo é uma vergonha para qualquer País do mundo.

Mas por que o dia 28 de Janeiro é o dia de combate ao trabalho escravo no Brasil ?

Esta data tem como  objetivo homenagear os Auditores Fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego que foram assassinados, quando estavam verificando uma denúncia de trabalho escravo na zona rural de Unaí ( Estado de Minas Gerais). Este assassinato aconteceu no ano de 2004.

Foram assinados os srs; Erastótenes de Almeida Gonçalves, João Batista Soares Lage e Nelson José da Silva e o motorista Ailton Pereira de Oliveira.

No ano de 2015 o Ministério do Trabalho e Previdência Social resgatou 1.010 trabalhadores que estavam em situação de escravidão.

Mas como fazer uma denúncia de trabalho escravo ?

Qualquer pessoa, cidadão brasileiro que souber que alguém esta sendo escravizado pode fazer uma denúncia no canal de comunicação do Ministério Público do Trabalho, basta acessar o site; www.mpt.mp.br

www.domesticocidadao.com.br


Como denunciar trabalho escravo
Classificar

Autor: Doméstico Cidadão
José Carlos do Nascimento, brasileiro, casado, pastor,teólogo, assistente Jurídico, Jornalista,blogueiro, com formação em arbitragem e mediação trabalhista,Perícia Judicial e Assistência Técnica, fundador e presidente da Ong Instituto Brasil Doméstico Cidadão ( Ibradoc), criador dos sites: www.ibradoc.org.br ,www.domesticocidadao.com.br e www.direitostrabalhistas.netJosé Carlos do Nascimento, nasceu na cidade de Álvares Machado - Estado de São Paulo, filho de uma costureira, pai desconhecido, foi criado até os 6 anos de idade pela mãe, depois pela avó materna, dois tios e duas tias.A maioria das mulheres da família exerceram a função de empregadas domésticas, para ajudar no sustento da família.José Carlos durante a sua infância exerceu diversas atividades, desde os 8 anos de idade, como trabalhador rural (popularmente chamado de boia fria ) nas colheitas de amendoim, algodão, plantio de mudas de café. Trabalhou também como pedreiro, carpinteiro, empregado doméstico, departamento pessoal e RH de empresas e escritórios. Nascimento foi Secretário Parlamentar, Presidente de Sindicato, milita em movimentos sociais, como Igualdade Racial, Direitos Humanos e Movimento Sindical, é casado e pai de 4 filhos e dois netos.

Deixe um comentário